pten
+55 15 3261-8000

É o conjunto de ações que beneficiam a sociedade, levando em consideração a economia, educação, meio-ambiente e saúde. Essas ações traz benefício mútuo entre a empresa e a comunidade, melhorando a qualidade de vida de todos. Responsabilidade Social Empresarial é a forma de gestão ética e transparente que tem a organização com suas partes interessadas, de modo a minimizar seus impactos negativos no meio ambiente e na comunidade. 

Visando a sustentabilidade, o Grupo Porto Feliz Ltda, dedica-se continuamente a minimizar todos os impactos que possam ocorrer na reciclagem e realiza o tratamento dos efluentes hídricos gerados pelo processo de produção, realizado por meio de equipamentos de tecnologia avançada que permitem que a empresa reduza ao máximo as suas emissões, até mesmo abaixo do limite estabelecido pelo órgão ambiental da região.

Todos os efluentes do Grupo Porto Feliz Ltda são direcionados para a Estação de Tratamento de Efluentes (ETE), presente em todas as unidades da empresa, recebendo acompanhamento contínuo de técnicos especializados da Porto Feliz S/A até serem devolvidas ao meio ambiente em perfeitas condições.

 

 Benefícios:

  • A cada 28 toneladas de papel reciclado evita-se o corte de 1 hectare de floresta (1 tonelada evita-se o corte de 30 ou mais árvores).
  • 1 tonelada de papel novo precisa de 50 a 60 eucaliptos, 100 mil litros de água e 5 mil KW/h de energia
  • 1 tonelada de papel reciclado precisa de 1.200 Kg de papel velho, 2 mil litros de água e 1.000 a 2.500 KW/h de energia.
  • Com a produção de papel reciclado evita-se a utilização de processos químicos evitando-se a poluição ambiental: reduz em 74% os poluentes liberados no ar e em 35% os despejados na água.
  • A reciclagem de uma tonelada de jornais evita a emissão de 2,5 toneladas de dióxido de carbono na atmosfera
  • O papel jornal produzido a partir das aparas requer 25% a 60% menos energia elétrica que a necessária para obter papel da polpa da madeira. O papel feito com material reciclado reduz em 74% os poluentes liberados no ar e em 35% os despejados na água, além de reduzir a necessidade de derrubar árvores.